Desde a antiguidade até os dias de hoje as cores são uma representatividade do nosso mundo. O homem busca a cor para se expressar, citando por exemplo pinturas corporais de guerreiros antigos e indumentárias de cortes do mundo inteiro, mostrando nobreza e status. Visitando as grandes catedrais, podemos ver os vidrais coloridos e bem trabalhados, tudo nas cores que para quem está observando entenda a mensagem que deve ser passada. Muitas vezes dependendo da região, podem ter um significado sem uma descrição ou sendo conhecidos universalmente como os sinais de trânsito, definidos pelo verde, amarelo e vermelho.

Expressões como “roxo de raiva” ou “vermelho de vergonha” com certeza já foram ouvidas. Não há como negar, o homem é atraído por uma infinidade de tons e cores. As cores exercem um papel psicológico importante. Elas são usadas para estimular, acalmar e no caso da propaganda, vender. Utilizando-se delas para despertar sensações, atrair e influenciar na escolha. A publicidade e propaganda não vende assim por dizer, mas busca criar o estímulo para levar o cliente até o produto ou serviço.

Quando a agência de publicidade escolhe a cor para a campanha ou peça, tenha certeza de uma coisa, foram horas pesquisando a cor correta para atingir o target e ficar equilibrado com a arte. Portanto, quando você ver uma logomarca, peça de outdoor ou display, pense antes de querer trocar a cor para uma que você acha bonitinha. Vejamos algumas tabelas mostrando o que cada cor tem como significado na propaganda e elas sendo aplicadas em marcas conhecidas mundialmente.

Cada cor tem seu significado. Algumas cores são universalmente ligadas a um sentimento e tem uma ótica geral para o mundo. Na tabela abaixo podemos ter uma visão delas.

Como base em como as cores passam em sentimento, a publicidade e propaganda as usa para atingir seu target. Vejamos na tabela a seguir algumas marcas que se utilizam desses sentimentos.

Após essa análise,  nos identificamos mais com a relação das cores e o impacto delas em nosso target. Às vezes podemos nos deparar com o regionalismo, por exemplo, azul nos Estados Unidos pode significar tristeza e solidão, dependendo da forma que se use. Por esse motivo é necessário que se faça sempre um estudo e dedique um bom tempo para a escolha certo em sua Logo, peças de divulgação e campanhas.

Bônus:

Confira este link infográfico detalhado e fácil de entender do mundo das cores no Marketing, aplicável em qualquer área da comunicação.